Conceito sobre VPN



VPN é a sigla para Virtual Private Network (Rede Virtual Privada, em português) e se refere a uma rede privada que é estabelecida entre dispositivos remotos através de uma conexão criptografada na internet.


O principal objetivo de uma VPN é permitir que os usuários acessem a internet de forma segura e privada, protegendo seus dados e comunicações contra hackers e bisbilhoteiros, bem como ocultando sua localização e identidade online.


Em outras palavras, uma VPN permite que um dispositivo, como um computador, smartphone ou tablet, se conecte a uma rede privada de forma segura e remota, como se estivesse fisicamente presente nessa rede. Isso é possível porque a VPN cria um túnel criptografado entre o dispositivo do usuário e o servidor da VPN, garantindo a segurança e a privacidade dos dados que são transmitidos.


As VPNs são amplamente utilizadas por empresas e indivíduos para proteger suas comunicações e dados online, garantindo que eles estejam protegidos contra ataques cibernéticos, espionagem e vigilância governamental, além de permitir que os usuários acessem conteúdos restritos geograficamente. Há diversas opções de VPN disponíveis no mercado, algumas gratuitas e outras pagas, cada uma com suas próprias características e recursos.


Existem diversas opções de VPN disponíveis no mercado, desde as gratuitas até as pagas, cada uma com suas próprias características e recursos. É importante escolher uma VPN confiável e com boa reputação, que ofereça uma conexão rápida e segura.


Como funciona?

Para acessar a rede privada virtual da empresa, os usuários informam suas credenciais, que são autenticadas pelas máquinas virtuais ligadas ao tráfego de dados.  

Em geral, essa conexão é baseada em criptografia, um recurso que impede a “leitura” das informações em trânsito. Dessa forma, todas as comunicações entre os funcionários e os servidores se tornam protegidas e privadas. 

Há, ainda, a ocultação do endereço IP do usuário. Com as defesas, é possível evitar que pessoas não autorizadas acessem o computador, impedindo a visualização das informações empresariais. 

Vale acrescentar que o uso das VPNs normalmente acontece através de um software disponibilizado pelos fornecedores do serviço. Para usar a rede na rotina de trabalho, basta que o usuário abra o sistema e faça seu login. Se a conexão for legitimada, as informações estarão disponíveis.